Otimismo...

Chuvas aumentam produção de feijão no Agreste de Pernambuco

Notícias Atuais

“Volume de ágas constante em março, deixou agricultores otimistas.”

Volume de águas pluviais constante em março deixou agricultores otimistas com a safra.

As chuvas constantes de março deixaram os produtores de feijão do agreste de Pernambuco otimistas. A expectativa de tanta produção animou a cooperativa da região a montar um maquinário para classificar e ensacar os grãos de mais de 700 agricultores.

70% do cultivo de feijão do estado está no agreste. São João, que fica a duzentos e seis quilômetros do Recife, é o maior produtor do estado. A cidade conta com mais de mil agricultores dedicados ao grão e tem mais de dez mil hectares com plantio de feijão.

Além de São João, outros dois municípios se destacam na produção de grãos: caetés e calçados. Eles movimentam mais de R$ 10 milhões por safra, de acordo com a federação de agricultura do estado.

Reportagem:

G1

Copyright 2020 | Todos os Direitos Reservados